3 anos do nosso mergulho no parto domiciliar

14.03.2018

        Eu tinha certeza absoluta de que meu terceiro filho seria Ulisses... antes mesmo de engravidar! 

        E olha que ironia: Ulisses veio pra reforçar que não há certeza de nada nessa vida!

        Contrariou a minha prepotência de achar que fazia filhos quando queria! Queria um filho pro meu aniversário, 14 de fevereiro! Não, ele não veio na primeira tentativa, mas chegou caprichosamente um mês depois, 14 de março!

        A gravidez mais complicada de todas... Começou com um teste alto de glicose, passou por um falso negativo de hepatite e me afogou num mar de dúvidas e medo quando vieram os ultrassons alterados.

         Um banho de água fria diante da probabilidade de 3 para 5 de ter um bebê com alteração genética...           E eu, confesso, pensei: qual seria o “presente de grego” que a vida me reservava?

         E mesmo antes de mergulhar nessa existência Ulisses me trouxe tanto aprendizado! Porque a fase de choro, de dúvidas, de barganha com Deus passou, e ele me proporcionou uma experiência sem igual de fé! Não a fé baseada na ideia de que tudo “daria certo”, mas a leveza de sentir no coração que tudo seria como deveria ser!

          E foi nessa fé que foi sendo construída a ideia do nosso primeiro parto em casa! Tantos conceitos revistos, tanta coisa repensada...

          A paciência ...  mais uma lição! Já beirando a quadragésima-segunda semana de gestação!

          Foi quando Ulisses nos inundou de ocitocina-amor com sua chegada... Num parto de poesia e beleza! Lavando a alma, fluindo como uma correnteza! Sentido como meu melhor parto de todos!

 

          Hoje nosso “peixinho chatubinha” completa 3 anos! ... Que não lhe falte colinho nessa vida, meu filho, e que ela seja preenchida sempre de muita alegria e abraços duplos!

          Obrigada por ter sido um divisor de águas na minha existência!

 

 

 

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now