O “ócio” materno: Das coisas que eu NÃO fiz na minha licença maternidade

23.10.2017

      Amanhã volto ao trabalho! Esse post poderia ser sobre a dificuldade de deixar o bebê, da opção pela escola, do quanto uma licença de 6 meses é pouco (que dirá de 4 meses, um verdadeiro absurdo!)... Tantas coisas e tantas emoções se misturam nesse momento!

      Mas quero mesmo falar de todas as coisas que "NÃO" fiz durante minha licença maternidade! Interessante o quanto as pessoas idealizam esse tempo de “folga”! SEIS MESES “só” pra cuidar de um bebê?! Dá pra fazer muita coisa “produtiva” nesse tempo todo!Será?!?

      Não culpo quem pensa assim! Sabe porque? Porque nós, mães, também pensamos! Afinal, são seis meses de “férias”!! AHAHAH!!! Quem nunca?!...fez milhares de planos para esse tempo “todo” que vai ficar “atoa”, só cuidando de um bebê?!

       Querem saber? Até eu, no quarto filho, caí pela quarta vez nessa ilusão do “ócio” materno!

Que levante a mão a primeira mãe que conseguiu cumprir todos os planos que fez para o período de licença maternidade????

       Por aqui, as metas nem eram muito inalcançáveis não! Pela quarta vez, planejei arrumar as fotografias para revelar e organizar o computador... Mas o PC continua uma bagunça, inclusive pelas milhares de fotos que se acumularam nesses últimos 6 anos! Ah, também queria ler pelo menos uns 3 livros! Claro, enquanto o bebê dorme, a gente pode ler, não!? Não! Só comecei o primeiro livro, e não devo ter chegado nem a página 30! Ah, mas seis meses é tanto tempo!!!! Comprei dois cursos online para fazer! Pensa, 6 meses sem trabalhar é tempo de sobra! Tá!...Consegui imprimir a apostila de um dos cursos (e olha que é sobre um tema que muito me interessa!) e não ler NENHUMA linha sequer!

        Puxa, mas o tempo voou! Voou mesmo! Mais do que nunca! Ícaro já fez sete meses essa semana, e nem meu relato de parto consegui escrever ainda!... Porque?!

        Mas gente... que eu andei fazendo nesse último semestre???

        Sabe o quê!? Ah APROVEITEI cada segundo dessa licença com meu filho! Sim, com os outros três filhos também, mas tive muito, muito tempo de qualidade com meu bebê! Como?!

        Quando eu digo aproveitar, não me refiro apenas as centenas de fraldas que troquei, dos muitos banhos que dei, da amamentação em tempo integral! Fizemos muito, muito mais que isso! Participamos de dança “mamãe e bebê”, fizemos yoga juntos, aprendemos shantala, fomos a encontros de grupo de pós-parto, nos encontramos com outras mães em eventos e parques, aproveitamos do Cinematerna, compartilhamos cafés, almoços, caminhadas, oficinas, viajamos, curtimos, nos esbaldamos!

          Sim, o tempo passou voando! Mas passou voando como passa o tempo quando fazemos algo que nos dá prazer, nos alimenta a alma e aquece o coração!

          A partir de agora a disponibilidade é menor, a dedicação não é mais exclusiva! Mas fica a dica, clichê sim, como não!? Aproveite seu bebê nesse tempo que é só de vocês! Todas as outras coisas "produtivas" do planeta podem esperar! Na verdade, com a maternidade, talvez você descubra que, na real, talvez você nem precise de várias dessas coisas! 

 

 

 

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now