Um ano de tripla maternagem,5 anos de maternidade e mais...muito mais!

 

          Semana intensa por aqui... Semana de muito trabalho, de fim de reforma no ap. (depois de mais de dois meses de muita peleja e bagunça ... me lembrem de escrever depois sobre como sobreviver com três crianças e sem cozinha e área de serviço! Rss...)... Mas além da correria do dia a dia, foi uma semana intensa de sentimentos também.
          Segunda feira, nosso caçulinha completou um aninho! Completamos um ano de maternagem tripla! E quando olho pro ano que passou, o que me vem é uma grande gratidão pelo aprendizado imenso que tenho tido o prazer de experimentar com a vinda de Ulisses. De uma gestação cheia de provações, a um processo que eu confesso que nem sei descrever, mas que foi de plena entrega, premiado pelo parto que nem nos meus sonhos poderia ter sido tão perfeito! Oportunidades imensas de rever conceitos, de uma proposta nova de maternidade, que tem me deixado feliz em muita coisa... ah, como não comemorar nosso um ano de amamentação?! Mas ao mesmo tempo bem perdida em muitas, muitas questões... Ulisses é um menino feliz! Ele transborda sorrisos! Ele é puro amor... Mas é também o bebê mais agitado por aqui, o que menos dorme, o que mais me demanda atenção, colo... e claro, peito! Pra quem se dispôs a entrar em uma maternidade de mais apego: era o que eu precisava! Rsss...
            Mas peraí... outro dia falamos mais sobre o caçula... Afinal “não é justo”, como diria ela! Sim, porque hoje, o dia é dela! Da mais velha! O dia que estreei como mãe! E se eu, em alguns momentos, olho pra eles, pros três, e me assusto quando penso: “Vixe, são mesmo “meus?!" "Fui eu quem fiz!?" (Só eu, entro nesse estado de loucura, ou mais alguém?!Rsss...)... Quando olho pra ela, já com seus 5 anos, ai, minha barriga até dói de pensar em como tudo passa tão rápido!
           Helena, minha florzinha, é um presente! Helena não veio apenas me ensinar a ser mãe... Com ela, por ela, e por meio dela, me orgulho, dela e, sim, também de mim! Helena brilha, em sensibilidade e esperteza... Mas também reflete tanta, mais tanta coisa, de forma tão perfeita, que me assusto comigo mesma, e com a caminhada longa que é preciso trilhar para me tornar uma pessoa melhor.
           Se cada filho ensina uma coisa pra gente, acho que minha maior lição com ela é ter a oportunidade de me reavaliar, todos os dias, em tantas coisas que tem horas que dá até vontade de rir...E em outras... Ai, ai... Melhor nem comentar!
            E se é lindo celebrar a vida, e os meus desejos para meus dois filhos que entram em um novo ano é de que caminhem, sempre em frente, com o coração, a mente e o espírito abertos para a luz... como deixar de mencionar que essa semana completaram dois anos sem minha mãe!? Dois anos de saudade, e... dois anos do nosso site! Gente, é coisa demais pra um mês só, não é não?!
           Então, fica aqui, pra fechar o post de hoje, o primeiro post do ExpoMaterna... Ele, que celebra a maternidade e conta um pouco do nosso desejo de compartilhar as nossas experiências com vocês... Então, para quem ainda não leu, aí está, é só clicar:“Março, o mês de nascer e renascer".
           Gratidão!

 

(45 likes)

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now