​Gestação-o apoio da Medicina Antroposófica

          Falamos no nosso último post sobre a importância da escolha de um obstetra... Mas na nossa gestação, contamos também com a ajuda preciosa da medicina antroposófica!
           Mas o que é medicina antroposófica? De acordo com a Associação Brasileira de medicina Antroposófica: “é uma ampliação da medicina acadêmica que busca compreender e tratar o ser humano considerando sua relação com a natureza, sua vida emocional e sua individualidade”. Pois é... e?!
         Confesso, eu não sei de forma concreta do que se trata, e nem como isso funciona, o fato é que funciona! Rss...  Como ouvi uma pessoa definindo os benefícios desse tipo de tratamento esses dias: “essa é uma medicina que cura as dores da alma”. E não dizem que todas as outras dores, tem essa como causa primeira?!
            Enfim, o meu primeiro contato com a “Dra. Antroposófica” foi numa reunião para tratar da possibilidade de usarmos o espaço da clínica dela para promovermos um curso. Nessa reunião, eu estava com um processo alérgico intenso: já tinha tomado, por mais de uma semana, antialérgicos, por minha conta, ido parar no pronto socorro e tomado remédio na veia, e nada funcionava! O pior é que a alergia só se agravava, e eu achava que, no meio disso tudo, podia ter ficado grávida (e realmente estava!) e não queria tomar mais medicamento nenhum. Nesse dia, ela me examinou informalmente e me passou uma pomada e dois florais, que eu não tenho dúvida que tenham contribuído para que o problema se resolvesse.
             Depois de um tempo, decidi marcar uma consulta. Eu já estava bem, e no fundo pensava assim: gente, eu devo estar doida, marcar uma consulta nesse preço (porque o atendimento é particular) sem estar sentindo nada é loucura! Enfim, marquei a tal da consulta para dali dois meses e pensei: até lá eu desisto né?! Rsss...
            E se eu achava que a alergia tinha sido o problema da gestação, Ah-Ah-AH, eu estava muito enganada! Veio primeiro um resultado alterado de glicose,  que quando repeti o exame estava normal. Logo depois, um exame de hepatite com resultado positivo! Falso positivo, mas até descobrir...vixi...! E aí, logo antes da data da consulta marcada, fizemos a translucência nucal (TN) e... alterada!  E juntava-se a isso o fato de passar pela minha primeira gestação sem a presença física da minha mãe, o que, em certos momentos, me causava uma grande tristeza... Hein, quem mesmo que não tinha nada? Nessa altura do campeonato, confesso, eu já estava em frangalhos!
             A TN ... e a perda da minha mãe, eram dois problemas que não podiam ser resolvidos... Nada podia ser feito pela medicina tradicional, e a nossa opção era esperar! Mas foi muito melhor esperar amparada pela medicina antroposófica! E lá fui eu, pra consulta, de coração e mente aberta! ... E foi lindo!
          nós fizemos o acompanhamento durante toda a gestação, inclusive no finalzinho, quando tivemos um baita resfriado (acho que Ulisses precisou de um corpo limpo na chegada e na saída! Rss..)
                Como é o tratamento? Olha, como eu disse, eu não sei bem definir. Com essa mania que a gente tem de dividir, fragmentar, eu diria que ele consiste em um tratamento psicológico, energético, mental, sentimental, xamânico, contando com o apoio de florais e remédio antroposóficos (com certeza esqueci de algumas coisas! Rss) ... Doido né?! Sim, demais! E bom demais!
De todo o tratamento, me marcou muito uma meditação. Nessa meditação, eu, que ainda estava bem no começo da gestação, visualizei o momento da concepção do meu filho, num lugar lindo, num clima de ritual celta de Beltane. E visualizei também o nascimento dele: logo após dar a luz, eu saía de onde eu estava, sozinha, e mostrava, sob a luz da lua cheia, para um monte de gente que aguardava em torno de uma fogueira, meu filho: um menino forte e saudável!
 Difícil descrever esse processo, mas ele sem dúvida me deu força! Força para acreditar que eu podia parir, e que aquela criança chegaria como tinha que ser, porque era fruto de um amor de muito tempo e imensamente profundo!
                Quando eu penso na tranquilidade que tivemos durante a gestação, mesmo com todo perrengue que passamos, e em como o nosso parto esteve imerso em um processo de segurança e paz profunda, não tenho dúvidas de que esse acompanhamento foi fundamental!

     

41 likes

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now