"Crianças Francesas não fazem manha", mas as minhas...

       Confesso: teve uma época que eu olhava para crianças na rua dando birra e pensava: “gente, cadê o pai/mãe desse menino?”  Aposto, que se você não tem filho ainda já deve ter pensado dessa mesma forma. Agora, se você já tem, provavelmente deve ter passado para o outro time, do qual hoje em dia eu faço parte... Hoje, quando vejo uma criança dando birra por aí, logo penso: “coitado do pai/mãe desse menino” Rsss...
    Muita gente olha para a nossa família e diz: “nossa, mas seus filhos são tão tranquilos, assim até dá pra ter mais de um mesmo!” 
     Sim, meus filhos, na média, são crianças tranquilas, mas ... são crianças! E vou confessar, tem dias aqui que o bicho pega!
     Não sei se é assim com todo mundo, mas me parece que passamos por fases: tem épocas que todos parecem anjinhos: bebê fica no bercinho sem reclamar, mais velhos brincam por algum tempo sem brigar, um sossego inacreditável! Aí, de repente, como uma frente fria que chega... na verdade tá mais pra uma onda de calor... tudo muda! 
    Filha mais velha por aqui anda numa birra sem fim! Não sei de onde tirou isso, mas agora, com 4 anos de idade, decidiu muitas vezes tentar resolver as coisas no grito... Quando contrariada, senta, esperneia, berra... sim, berra sem parar, que nem uma louca! Ah, e decidiu que ela manda em sua própria vida! Do tipo: “filha, se quer chorar, por favor, vá lá para seu quarto!” Resposta: “não, não vou!”... E pior, não vai mesmo, pelo menos sozinha não... A gente tem que levar!
     O do meio anda chorão. Abre um bocão de manha horroroso, e por qualquer coisa começa a chorar... Um choro tão, mais tão manhoso que não escorre uma lágrima sequer! 
     E, sim, o “pequeno ser” mais novo tem entrado no esquema: de um bebê bonzinho, tranquilo, passou a um monstrinho que ou quer colo ou quer colo e peito, a todo instante. É só coloca-lo no bebê conforto, berço, sofá, ou qualquer outro lugar que não seja colo, que o menino abre um berreiro que a gente só acredita que ele não está sofrendo com alguma coisa porque é só pegar que passa! Não me julguem! Ele quer MESMO colo o TEMPO TODO... E é impossível ter três filhos pequenos e ficar o tempo todo com um deles no colo!
    Tem dias que é de enlouquecer e dá vontade de sair correndo!
    E aí?!
    E aí que a gente respira fundo, conta até um milhão, e conversa, conversa, conversa, coloca pra pensar, e, claro, procura nunca atender aos apelos quando eles são feitos desse jeito... A não ser os do “pequeno ser”, que ainda não sabe apelar de outra forma sem ser chorando! Rsss...
    Leituras, compartilhar experiência com outros pais,  e MUITA paciência... Alguma sugestão a mais?!

 

(43 likes)

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now